Início » Artigos » Como o Canal de Denúncias pode ser um instrumento de vantagem competitiva junto ao RH?
Fonte: totaljobs.com

Há uma competição entre as empresas para atrair e reter os melhores talentos. Atualmente, a  geração de jovens busca escolher um empregador com valores que correspondam aos seus valores.

Os colaboradores também tendem a ser mais leais quando sentem que estão em um ambiente de trabalho onde seus direitos são respeitados e a ética é levada a sério.

Portanto, as empresas devem ficar atentas a isso. É mais eficaz procurar meios para combater as irregularidades do que perder talentos por insatisfação.

Prezar por um ambiente ético na empresa é fundamental, contudo, isso deve ser tangível para os colaboradores. Dessa forma, é fundamental a implementação de um Canal de Denúncias externo, capaz de garantir o anonimato do denunciante e a segurança contra qualquer retaliação.

Mas, afinal, o que é um Canal de Denúncias e como implementá-lo?

O que é um canal de denúncias?

O canal de denúncias é um canal de comunicação, onde os colaboradores, fornecedores e demais stakeholders podem denunciar eventuais irregularidades que ferem o Código de Ética da empresa, incluindo, por exemplo, fraude, corrupção, assédio, suborno.

5 passos para implementar um canal de denúncias

1. Código de Conduta

Elaborar o Código de Conduta da empresa. Nele são incluídos o que é aceito ou não pela organização e como solucionar os conflitos.

2. Escolha do Canal

O formato adotado pelas organizações para o Canal de Denúncia pode variar entre um canal externo, operado por terceiros, ou um formato desenvolvido internamente por uma equipe subordinada à administração.

Porém, sem dúvidas a melhor opção é um canal externo, pois ele assegura o anonimato do denunciante – diferente do canal interno – um dos requisitos fundamentais dispostos no artigo 42, X do Decreto-Lei 8420/15.

3. Divulgação do canal

É primordial que a alta liderança esteja comprometida em divulgar o canal de denúncias e o código de conduta. Sem a ampla divulgação, o canal não irá atingir os resultados.

Sugerimos que sejam feitas reuniões e treinamentos para que todos os colaboradores saibam que podem denunciar as irregularidades tendo seu anonimato resguardado.

O canal também deverá ser divulgado através do site institucional, grupos de whatsapp, comunicados internos periódicos, campanhas e cartazes em locais de grande fluxo de funcionários e também de pequeno fluxo, como banheiros.

4. Investigações internas

Após a realização de uma denúncia, a empresa deverá investigar os indícios de comportamentos antiéticos noticiados e tomar as atitudes necessárias.

5. Mensurar o resultado

Por último, é necessário checar a usabilidade do canal de denúncias, criando indicadores para monitorar se a solução está sendo utilizada da forma correta e se as denúncias estão sendo verificadas, garantindo assim a melhora no ambiente organizacional.

Depois de seguir esses 5 passos, o Canal de Denúncias poderá ser um instrumento de vantagem competitiva junto ao RH da sua empresa.

Compartilhe: